RSS

A emoção acabou !

27 nov

Hoje de manhã eu ouvi falar que o brilho em seus olhos havia se apagado

Enquanto eu corria entre os carros no transito eu pensava nas palavras que poderia dizer, pensava em como seria se isto fosse mesmo verdade

E ao chegar, ouvi alguém dizer em murmurinhos que você agora, era um anjo, que de algum lugar, olhava para nós

Emudeci.

Sentia aquela coisa que todo mundo fala, sabe e ninguém consegue explicar

Minha vida passou em frente os meus olhos, como um flash, como uma compilação de todas as piadas que ouvi você contar. Eu percebi que não demorou nada

Mas ao te ver, apesar de todas as lagrimas ao redor, eu percebi, no fundo de seu semblante, um sorrizo, singelo, congelado e tranqüilo. Daqueles que você dava quando estava tramando alguma coisa

Talvez seja verdade, que as pessoas quando morrem virem anjos, mas mesmo assim, acho que para você, seria monótono demais, ficar de algum lugar olhando.

Não, você teria que se envolver, teria que falar algo, dar uma opinião ou até mesmo, arrumar uma desculpa.

É, você se foi, você se esvairiu, morreu com a mesma intensidade em que viveu, sim, assim como tudo que você fez. Morreu é a palavra, pois pessoas como você, se vão de uma vez, não ficam rodando ao redor, nem naquela dúvida.

E agora, segurar as lagrimas nos olhos, é a parte que não me cabe, pois de você meu amigo, eu não me esquecerei jamais.                                                                                                        

Fernando Flávio (Dudu Deludi)

*1984 – ᵻ 2009                                                                                                                                                       Por Túlio Martins

Artista preferido…

 
2 Comentários

Publicado por em 27 novembro, 2009 em Coisas

 

Tags: , , ,

2 Respostas para “A emoção acabou !

  1. Deny

    27 novembro, 2009 at 1:53 pm

    Nada que eu falar neste momento, vai adiantar…mas sabemos q as coisas boas ficam e a dor diminui com o tempo…
    fica bem

    “É tão estranho
    Os bons morrem jovens
    Assim parece ser
    Quando me lembro de você
    Que acabou indo embora
    Cedo demais

    Quando eu lhe dizia
    Me apaixono todo dia
    É sempre a pessoa errada
    Você sorriu e disse
    Eu gosto de você também
    Só que você foi embora…
    Cedo demais!

    Eu continuo aqui
    Meu trabalho e meus amigos
    E me lembro de você
    Em dias assim
    Dia de chuva
    Dia de sol
    E o que sinto não sei dizer…

    Vai com os anjos
    Vai em paz
    Era assim todo dia de tarde
    A descoberta da amizade
    Até a próxima vez…

    É tão estranho
    Os bons morrem antes
    Me lembro de você
    E de tanta gente que se foi
    Cedo demais!
    E cedo demais…

    Eu aprendi a ter
    Tudo o que sempre quis
    Só não aprendi a perder
    E eu que tive um começo feliz…
    Do resto não sei dizer

    Lembro das tardes que passamos juntos
    Não é sempre mais eu sei
    Que você está bem agora
    Só que neste mundo
    O verão acabou.

    Cedo demais”!

     
  2. Talita Camargos

    28 novembro, 2009 at 8:02 pm

    Perfeito o texto que vc escreveu para o nosso velho e amigo dudu… faz falta demais aff… eternamente lembrado na nossa memória..

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: